infertilidade

Infertilidade pode ser hereditária?

A infertilidade e a dificuldade em conceber pode estar relacionada a inúmeros aspectos, desde a presença de certas patologias até os maus hábitos.

Mas você pode se perguntar se os fatores genéticos também podem afetar a fertilidade…

A resposta é sim! Tanto doenças gênicas quanto cromossômicas podem interferir na fertilidade de um casal. No caso da mulher, as principais causas genéticas de infertilidade são: falência ovariana prematura relacionada a doenças genéticas e anomalias cromossômicas, como por exemplo a Síndrome de Turner.

No aspecto masculino, podemos citar: anomalias cromossômicas, tais como a síndrome de Klinefelter, fibrose cística (em que pode haver ausência de ductos deferentes) e microdeleções no cromossomo Y.

Esses diagnósticos podem ser avaliados por um médico especialista e não devem impedir o seu sonho da gravidez. É importante ressaltar que nem toda doença genética é hereditária e há diversos tipos de tratamentos disponíveis para cada caso.

Você conhece alguém na família com problemas de fertilidade?

SOBRE MIM

Dra. Sílvia Joly Mattos é médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia formada pela Unicamp, com Mestrado na área de Infertilidade pela Unicamp e especialista em Reprodução Assistida com Título reconhecido pela Febrasgo.

Share:

Leave comment