receptividade endometrial

Receptividade endometrial: você sabe o que é?

Entre as principais causas de falha dos tratamentos de fertilização estão as alterações do endométrio, que impedem ou dificultam a implantação dos embriões. Você já ouviu falar em receptividade endometrial?

A receptividade endometrial é a condição do endométrio para receber o embrião, processo chamado implantação embrionária ou nidação.

O ideal é que o endométrio se encontre em uma espessura maior que 7 mm, no período pré-implantacional. Quando está fino demais e mede menos do que 7 mm, a fixação é mais difícil de ocorrer.

Tanto em um ciclo normal quanto nas técnicas de reprodução assistida, a preparação do endométrio para a implantação do embrião é determinada pelos hormônios. Quando o óvulo maduro é fecundado pelo espermatozoide, o organismo envia sinais indiretos ao útero para indicar a existência do embrião.

Por isso, avaliar a receptividade endometrial é uma das importantes avaliações a ser realizadas. Você já realizou essa avaliação? Converse com um especialista em reprodução e avalie qual a melhor opção de tratamento.

SOBRE MIM

Dra. Sílvia Joly Mattos é médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia formada pela Unicamp, com Mestrado na área de Infertilidade pela Unicamp e especialista em Reprodução Assistida com Título reconhecido pela Febrasgo.

Leave comment