casais homoafetivos

A gravidez para casais homoafetivos

Cada vez mais, os casais homoafetivos têm procurado clínicas de reprodução assistida para realizar o sonho da maternidade. Para isso, o Conselho Federal de Medicina regulamentou as técnicas, permitindo que casais do mesmo sexo tenham acesso aos avanços da medicina reprodutiva para ter filhos.

Ou seja, em nosso país, independente do estado civil ou da orientação sexual, tem o direito de ser pai ou mãe! 😉

Confira quais são as opções de tratamento:

Casais homoafetivos FEMININOS: Existem duas opções para os casais femininos: A Inseminação intrauterina, onde uma das pacientes é submetida a indução da ovulação com medicações e a seguir insemina-se o sêmen de um doador através de um banco de sêmen e a Fertilização In Vitro, onde uma delas poderá ter seu óvulo fecundado por espermatozóide doado e continuar a gravidez ou o óvulo fecundado pode ser colocado no útero da outra parceira para que assim ocorra a gravidez e as duas tenham participação no processo.

Casais homoafetivos MASCULINOS: A única opção de reprodução assistida para casais homoafetivos masculino é a Fertilização In Vitro. Neste caso o casal precisa obrigatoriamente de uma doadora de óvulos e uma doadora temporária de útero.

A doadora de óvulos deve ser anônima e o processo segue as normas estabelecidas pelo Conselho Federal de Medicina: a doação nunca terá caráter lucrativo ou comercial e os doadores não devem conhecer a identidade dos receptores e vice-versa. Já a doadora temporária de útero (barriga solidária) deve ser encontrada pelo casal, que por determinação do CFM deve pertencer à família de um dos parceiros do casal num parentesco consanguíneo até o quarto grau, respeitando a idade limite de até 50 anos e sem caráter lucrativo nem comercial.

Se a decisão de ter filhos surgir, o casal deve fazer uma consulta com um profissional especializado para saber todos os aspectos do tratamento e o melhor caminho e para que a decisão seja feita com segurança.

Os tratamentos de reprodução assistida em casais homoafetivos, têm sido cada vez mais frequentes.

Minha recomendação é sempre consultar um especialista em caso de dúvidas! Posso te ajudar a entender as causas da infertilidade e orientar a melhor opção de tratamento. Me envie por inbox no Instagram ou entre em contato comigo pelos telefones: (19) 99892-9576 / (19) 3255-8754

SOBRE MIM

Dra. Sílvia Joly Mattos é médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia formada pela Unicamp, com Mestrado na área de Infertilidade pela Unicamp e especialista em Reprodução Assistida com Título reconhecido pela Febrasgo.

Leave comment