oncofertilidade

Oncofertilidade: Você já ouviu falar?

A oncofertilidade é uma alternativa para preservar a fertilidade. De acordo com cada caso, o especialista em reprodução humana vai recomendar o congelamento de espermatozoides, óvulos, embriões ou tecido testicular e ovariano antes de começar o tratamento para cura do câncer.

A radioterapia e a quimioterapia podem prejudicar os testículos e ovários, afetando os óvulos e a produção de espermatozoides. A preservação da fertilidade deve ser avaliada, inclusive, em crianças e adolescentes com câncer.

Vale ressaltar que os riscos de infertilidade aumentam de acordo com a idade do paciente oncológico. A quimioterapia chega a envelhecer em 10 anos os ovários, por exemplo.

O diagnóstico precoce do tumor é muito importante também para o sucesso da preservação. Após a cura do câncer, é então realizada a fertilização in vitro. Se não for possível manter a capacidade reprodutiva, os pacientes podem recorrer aos bancos de sêmen, doação de óvulos ou útero de substituição!

Minha recomendação é sempre consultar um especialista em caso de dúvidas! Posso te ajudar a entender melhor sobre a oncofertilidade e orientar a melhor opção de tratamento. Me envie por inbox no Instagram ou entre em contato comigo pelos telefones: (19) 99892-9576 / (19) 3255-8754

SOBRE MIM

Dra. Sílvia Joly Mattos é médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia formada pela Unicamp, com Mestrado na área de Infertilidade pela Unicamp e especialista em Reprodução Assistida com Título reconhecido pela Febrasgo.

Share:

Leave comment