InfertilidadeReprodução AssistidaReprodução Humana

Infertilidade sem causa aparente

Infertilidade sem causa aparente

Dra. Sílvia Joly Mattos –

Quando um casal com dificuldades para engravidar procura um especialista em Reprodução Assistida, inicia-se uma investigação através de uma série de exames tanto para o homem quanto para a mulher com o objetivo de descobrir o que está causando a infertilidade. No entanto, após os resultados, em cerca de 25% dos casos temos a chamada causa idiopática, que significa sem causa aparente.

A causa idiopática é dada como diagnóstico de exclusão, após não ter sido encontrada nenhuma razão específica de infertilidade durante a pesquisa básica do casal. Nesses casos, é importante deixar claro que não significa que não haja uma causa para a infertilidade, mas sim que existe uma ineficiência no processo de concepção que não conseguimos identificar através de exames.

Mesmo com infertilidade sem causa aparente (ISCA), casais com pouco tempo de infertilidade ainda assim podem ter chances de engravidar naturalmente. Caso a gestação espontânea não aconteça, há algumas opções de tratamento, e nos casos de ISCA, principalmente a Inseminação Intrauterina ou a Fertilização In Vitro, dependendo da avaliação clínica e complementar de cada casal.

A Inseminação Intrauterina pode ser realizada com o objetivo de aumentar o número de óvulos e diminuir o intervalo entre o encontro de gametas, além de melhorar a qualidade e a capacidade do sêmen de ultrapassar a barreira do colo uterino, aumentando as chances de sucesso de uma gestação. Já em alguns casos, a Fertilização In Vitro é mais eficaz.

Concluindo, há várias opções de tratamentos que podem ser indicadas para os casais! A dica é sempre controlar as emoções e procurar um profissional especialista em Reprodução Assistida.

Dra. Sílvia Joly Mattos, de Campinas/SP, é médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia, Reprodução Humana e Vídeo-Histeroscopia.

2 comentários sobre “Infertilidade sem causa aparente

Os comentários estão fechados.