Infertilidade

Hidrossalpinge e infertilidade

Dra. Sílvia Joly Mattos –

Anteriormente falei sobre trompas obstruídas, uma das principais causas de infertilidade.

Hoje vou abordar outro problema relacionado à infertilidade, a hidrossalpinge, que é a presença de líquido nas trompas, resultado de um processo inflamatório provocado geralmente por doenças sexualmente transmissíveis.

Mas existem também outras causas para a hidrossalpinge, menos comuns.

Devido à presença de líquido nas trompas, pode haver falha de implantação do embrião, o que impede a gravidez.

Sintomas

A maioria das mulheres não apresenta sintomas, e ela só é diagnosticada por exames.

Diagnóstico e tratamento

É possível confirmar a hidrossalpinge através de alguns exames de imagem, como a histerossalpingografia e a ultrassonografia. A histerossalpingografia é um exame ginecológico de raio-X com utilização de contraste responsável por verificar a integridade morfológica e funcional das tubas e da cavidade uterina.

Se a mulher desejar engravidar, na maioria das vezes é indicada a Fertilização in Vitro para o casal, especialmente se for bilateral. Porém, antes da transferência do embrião, é preciso retirar essa trompa distendida (hidrossalpinge) através da videolaparoscopia, para que não atrapalhe esse processo.

Dra. Sílvia Joly Mattos é médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia formada pela Unicamp, com Mestrado na área de Infertilidade pela Unicamp e especialista em Reprodução Assistida com Título reconhecido pela Febrasgo.