EndometrioseFertilidadeGinecologia e ObstetríciaInfertilidadeReprodução AssistidaReprodução Humana

Endometriose e infertilidade

Endometriose, uma das causas da infertilidade feminina

Dra. Sílvia Joly Mattos –

Doença silenciosa que em algumas situações só é diagnosticada após tentativas frustradas de engravidar, a endometriose é uma das causas de infertilidade feminina. A boa notícia é que, apesar de não ter cura em muitos casos, ela pode ser controlada.

A endometriose surge quando as células do endométrio (camada que reveste o útero) migram para outros locais do corpo, como ovários, trompas e cavidade abdominal ou até mesmo intestino e bexiga, em alguns casos, ao invés de serem eliminadas pela menstruação. Esse fenômeno desencadeia um processo inflamatório que influencia na ovulação, fertilização e implantação do embrião.

A endometriose pode ser assintomática ou apresentar sintomas leves que podem aumentar progressivamente, como cólica menstrual que não passa com analgésicos, dor durante relações sexuais, dor pélvica sem relação com o período menstrual, constipação intestinal ou diarreia também durante o período menstrual, dor e sangue ao urinar etc. E pode só mesmo ser diagnosticada durante a investigação de infertilidade.

Embora não tenha uma causa definida, existem teorias a respeito de fatores genéticos, imunológicos, ambientais e hormonais para o aparecimento da endometriose.

A síndrome é classificada em quatro níveis: leve, mínima, moderada e severa de acordo com o tamanho, extensão e profundidade das lesões. Para o tratamento adequado, são considerados o local onde a endometriose se desenvolve, os sintomas apresentados e o desejo ou não de engravidar.

Dra. Silvia Joly Mattos é médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia formada pela Unicamp e especialista em Reprodução Humana pelo Projeto Alfa.