Fertilização in VitroReprodução AssistidaReprodução Humana

Coleta de óvulos ou aspiração folicular na FIV

Dra. Sílvia Joly Mattos – Na Fertilização in Vitro, a fertilização do óvulo pelo espermatozoide é feita em laboratório num processo que envolve quatro etapas: estimulação ovariana, aspiração folicular (coleta dos óvulos), processo de fertilização em laboratório e transferência de embriões. Já comentei aqui sobre estas etapas, mas dessa vez quero explicar melhor como funciona a coleta dos óvulos.

Isso porque é muito natural que a paciente tenha dúvidas e preocupações quanto a esse procedimento. É importante destacar, no entanto, que é uma etapa rápida, que dura em torno de 30 minutos, e que utilizamos uma sedação para seu maior conforto e tranquilidade.

Para a coleta, utilizamos o processo de punção em que retiramos de dentro dos ovários da mulher os óvulos contidos nos folículos.  Para fazer a punção folicular, utilizamos o ultrassom transvaginal, o mesmo usado nos exames ginecológicos, mas com uma agulha apropriada na ponta que faz a aspiração.

Terminada a punção folicular, o material vai para o laboratório para ser avaliado. Os óvulos encontrados são classificados de acordo com sua maturidade a apenas aqueles maduros podem ser fertilizados. Já a paciente deve repousar no dia da coleta devido ao efeito anestésico e voltar às atividades normais no dia seguinte.

Dra. Sílvia Joly Mattos é médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia formada pela Unicamp, com Mestrado na área de Infertilidade pela Unicamp e especialista em Reprodução Assistida com Título reconhecido pela Febrasgo.